TÓPICO PARA INICIANTES - VERDADES SOBRE PA | TETRAGRAMA TONN

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TÓPICO PARA INICIANTES - VERDADES SOBRE PA | TETRAGRAMA TONN

Mensagem por Dragon D. White em Sab Out 19, 2013 7:57 am

(Postado por Tetragrama no blog)

As vezes surgem perguntas que inquietam e lançam duvidas sobre a pratica da viagem astral. É pois necessario ter uma certa evolução espiritual para ter sucesso nas saidas astrais? Tem que ter dom? Tem que ser especial? Meus amigos, viagem astral é capacidade de todos nós, faz parte da nossa natureza, saimos todas as noites e vamos continuar saindo. Não é magica, não é algo sobrenatural. É absolutamente normal. Mas então lá vem a pergunta fatidica. Então porque eu não consigo? A resposta é simples. Não consegue porque não quer. Aquele que quer pode e se não pode é porque não quer. Isso não quer dizer que todos vão ter a mesma facilidade ou mesma dificuldade para sair. Facil ou dificil você pode sair, não só sair uma vez aqui e outra acolá. Você pode sair sempre, todos os dias e ficar consciente no astral a noite toda. Isso para muitos pode parecer impossivel, um sonho fantasioso, um desejo utopico ou seja lá o que você achar. A verdade é essa você pode e se não pode é porque não quer. Ai uns me dizem “mas eu desejo sair consciente no astral”, outros dizem “eu quero muito sair”. Supomos que eu desejo ter um carro, mas se ficar só no desejo Papai Noel não vai deixar o carro na minha garagem. Mas então eu quero ter um carro, então trabalho, guardo dinheiro, mas uns 6 meses depois já não quero mais como antes. Então um mês guardo um pouco, outro mês menos, outro nada. Deixei o meu proposito, não dei continuidade a ele com a mesma força inicial. É isso que acontece meus caros, falta de proposito, falta de continuidade, falta de vontade. É preciso mudar e ter solidez naquilo que desejamos, e se queremos algo de forma solida temos que nos empenhar. Quando comecei a praticar viagem astral, demorava duas e ate tres horas, mas não desistia, ficava na mesma posição sem me mexer, os nervos dos braços doiam, a cabeça doia e parecia que ia explodir de tanta concentração, mas eu permanecia firme, eu queria sair. Dificuldades sempre vão surgir ainda mais no que se refere a viagem astral que é algo espiritual. O sujeito tem 20 anos de idade, então descobre sobre viagem astral e em dois meses já quer ser o astralmen. Não funciona dessa forma. Primeiro temos que mudar nossa forma de pensar acerca de nós mesmos. Em 20 anos criamos uma ideia sobre o que somos, criamos um estado mental e por todo esse tempo vivemos nesse loop, nos prendemos a esse laço e vivemos condicionados a ele. Então temos que desfazer esse laço e viver fora dele, sem estar preso a ele. Conforme vamos saindo do loop vamos adentrando numa nova perspectiva de entendimento sobre o que somos realmente. Estamos presos, uns mais outros menos, no dogma de que somos o corpo fisico e que temos um espirito, quando deveria ser ao contrario, somos espirito e temos um corpo fisico. Vemos nosso mundo com o corpo fisico ao invés de olhar o mundo com o espirito. Porque na realidade é isso que somos, somos espiritos e antigos como o próprio tempo. Mas nos prendemos ao corpo fisico ao ponto de esquecer o que realmente somos. E assim continuamos a fazer e sempre agregando valor ao que não tem valor e não dando valor ao que realmente tem valor. Sempre digo que nosso corpo fisico é pó, alguns litros de meleca e uns kilos de merda, o que difere em alguns com barriga maior, é que tem mais merda que outros. Temos que cuidar do nosso corpo fisico e lhe dar o valor que tem para a nossa vida aqui. Mas é só. É portanto necessario começar a despertar, acordar e isso pode ser feito se queremos e nos propomos a isso. Não há necessidade de se retirar para alguma caverna solitaria nem deixar de viver nossa vida fisica, não precisa ser anacoreta, iniciado, santo, profeta ou viver uma vida totalmente espiritual e deixar as coisas fisicas de lado. Não precisamos evoluir espiritualmente, precisamos é existir espiritualmente. É apenas disso que se precisa para sair consciente todas as noites no astral e ter ali uma certa medida de interação. E como podemos começar a fazer isso, começar essa mudança, sair do loop. Com procedimentos simples e espiritualmente infantis podemos começar a despertar o que realmente somos. A noite deite na calçada da sua casa, na varanda ou ate na laje, olhe para o ceu, as estrelas, a imensidão do universo, imagine que sai do seu corpo e sobe pra cima, sinta-se fazendo parte do universo, olhe as estrelas, sois, planetas, sinta-se como substancia do universo, faça isso apenas com essa intenção. Esta na hora do seu almoço no serviço, tira 15 minutos, senta, fecha os olhos e projete a si mesmo, ande por ali, olhe, como se tivesse com seu corpo fisico, faça algum percurso ate alguma loja, olhe os preços. Tira do seu tempo de videogame, msn, dvd, uns 20 minutos para praticar concentração, todos os dias 20 minutinhos, faça algum exercicio de concentração. Esta andando imagina que tem olho na nuca e olha pra tras. Tá pescando, feche seus olhos e tente se integrar a agua do rio, sinta-se fluindo como a agua do rio. Viu um pardal no muro, vai mentalmente la e tenta ver pelos olhos dele. Esta na hora da sua vizinha tomar banho, se concentra e da uma passadinha la mentalmente e vê se ela tá se lavando bem, ou aquele cara do colegio lhe deu uns tapas, chega em casa, se concentra e vai la mentalmente dar uns pedalarobinho nele. Isso não vai transformar você num demonio terrivel. Assim dessa forma você esta exercitando, pondo em ação seu espirito, despertando sua mente para o que você realmente é.

Outra questão importante que muita gente ainda não entende é sobre exercicios e tecnicas para saidas astrais. Então o sujeito acha um exercicio e se propoe a faze-lo, e faz uma, duas, cinco vezes e nada. Então diz “esse exercicio não é bom” e sai a cata de outro, novamente o faz e depois de algumas vezes também não acontece nada e torna-a descarta-lo e busca outro e assim continua. Fica mariposeando entre tecnicas e exercicios e sempre nada. Amigos a base de todo exercicio é a concentração e imaginação. É preciso ter uma boa concentração e imaginação para que o proposito do exercicio seja alcançado. E qual é o proposito dos exercicios? Muitos podem me responder é para sair em astral. Errado. É para aprender a sair em astral e não sair. Claro que as vezes algum exercicio nos poe no astral vez ou outra, mas o seu proposito principal é ensinar, nos fazer aprender a sair. Se o proposito do exercicio é ensinar, o nosso proposito é aprender. E aprender o que? Aprender como funciona o nosso processo de saida. Cada um de nós temos um processo de saida, o meu é diferente do seu e o seu diferente de outro, cada um é diferente do outro. Nós nos prendemos ao nosso loop e fizemos nós, os loop e nós são diferentes para cada pessoa. E é exatamente por sermos diferentes uns dos outros que não se pode padronizar as reaçoes que um exercicio causa. Logico que alguns sintomas podem se manifestar da mesma forma em varias pessoas. Mas não devemos nos apegar a isso, porque se somos diferentes uns dos outros as reações também podem ser diferentes. Todo exercicio cumpre o seu papel que é o de ensinar, nós é que não cumprimos o nosso que é de aprender. E como aprendemos com os exercicios? Uma reação de saida é composta de subreações que são como pontinhas de linha e a função do exercicio é mostrar essas pontas de linha. Naturalmente nossa função é puxar essa linha e conforme vamos puxando a linha vamos nos aproximando (aprendendo) da reação (saida). Então entendemos que o exercicio nos mostra linhas a serem seguidas para obter a saida astral. Descobrindo a linha temos que puxar. E como vamos fazer isso? Supomos que num determinado exercicio, no decorrer da sua pratica temos que ficar atento as sensações que ele nos causa e descobrir a sensação de saida. Então temos que entender essa sensação pois é ela a pontinha da linha. Assim temos que descobrir dentro do exercicio o que fizemos para que essa pontinha saisse pra fora e como estavamos nesse momento. Concentrados em que, imaginando o que, mente serena, calma, que tipos de pensamentos, imagens, sentimentos, divagamos ou não. Enfim temos que descobrir o que fez aflorar a ponta da linha. Depois de descoberto é só explorar o caminho e ir aprofundando e nesse aprofundamento não existe exercicio especifico pois é algo de cada um. A pessoa por si mesma tem que explorar, tem que criar mecanismos próprios para ir se aprofundando, e conforme vai aprofundando mais vai aprendendo ao ponto de chegar a entender seu próprio processo de saida. E quando se entende isso já não existe mais dificuldades para sair em astral, tudo fica muito facil, tão facil que para sair não precisa de mais nada, apenas desejo de sair.

Quando saimos em astral somos como crianças e assim como no fisico crianças engatinham antes de andar, tambem gatinhamos nos astral. Fora do corpo pela primeira vez, sem controle nenhum, muitas vezes sem enxergar nada, ficamos perdidos e sem saber o que fazer. É fundamental não ter ansiedade, temos que manter a calma e seguir os seguintes passos. Se puder deixar algo no seu quarto como um bastão de preferencia de uma arvore isso vai ajudar da seguinte forma.Estando fora do corpo procure por algo onde possa segurar de preferencia que esteja perto onde pos o seu bastão fique ali ate sentir uma certa firmeza, firmeza no astral. Sua concentração deve estar ali onde esta segurando. Com as mãos espalmadas encostadas na parede ou guarda-roupa ou o que estiver segurando, então com uma das mãos pegue o seu bastão e segurando com a outra mão comece a andar. Cada passo deve ser firme. Imagine que seu pé afunde no chão, quando sentir isso então de outro passo e assim vá andando sempre com a atenção voltada para a sensação das maos na parede. Sua concentração nas sensações das mão segurando o bastão e a outro espalmada é que vai manter você no astral. Se você não consegue ver nada, apenas escuro, não se preocupe logo sua visão começara a surgir. Dessa forma você consegue sair para fora da sua casa, sempre segurando o bastão e espalmando uma das mão em algo e sempre afundando os pés a cada passo saia para a rua. Pode acontecer de sentir ser puxado, é o cordão de prata que esta puxando você de volta. Concentre-se no que esta segurando que a sensação de puxar cessa. Não deve querer ir muito longe, para uma primeira experiencia já esta bom, então fique por ali e depois de um tempo tente andar sem segurar em nada. As próximas saidas se tornarão mais faceis de se firmar no astral. Nunca no inicio queira voar, porque quando alçar vôo volta rapidinho para o seu corpo. Não preste atenção se estar respirando ou não, porque se perceber que esta respirando volta para o corpo, quem respira é o fisico não o astral, se perceber que esta respirando você estara se identificando com o fisico.
Bom creio que termina por aqui este texto basico sobre astral para iniciantes, espero que seja lido e absorvido por muitos que se questionam sobre essas coisas.

TETRAGRAMA

_________________
"A principio lapidar o espirito, depois a técnica"
"Der conhecimento ao sábio e este se tornará mais sábio"
"Qualquer árvore que queira tocar os céus precisa ter raízes tão profundas a ponto de tocar os infernos." - Carl Gustav Jung
avatar
Dragon D. White
Admin

Mensagens : 118
Pontos : 288
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/09/2013
Localização : Plano Astral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum